Monchique - Serra de Monchique

Dicas de viagem para Monchique, a vila mais alta do Algarve, e a Serra de Monchique, a fronteira do Algarve com o Alentejo: Aguais termais de Caldas de Monchique, elevação Fóia (902 m), o ponto mais alto no sul de Portugal, caminhadas e percursos para ciclistas, alojamento, gastronomia,…
Monchique - Serra de Monchique
  • Distrito: Faro > Município: Monchique > Freguesia:
  • População: 6.045
  • Distâncias: Faro Aeroporto 96 km, Lisboa Aeroporto 266 km

Monchique é um município no distrito de Faro (Algarve), a região mais a sul de Portugal. Localizado a 485 metros de altitude, Monchique não é apenas a vila mais alta do Algarve, mas também conhecida como estância terapêutica e ponto de partida de caminhadas na Serra de Monchique.


Monchique localização e acesso

Como chegar até Monchique

O concelho de Monchique fica terra adentro, na cadeia montanhosa da Serra de Monchique e na fronteira com a região vizinha do Alentejo. A vila aconchega-se entre duas elevações, a Fóia (902 m), no oeste, e a Picota (774 m), no leste.

Monchique fica além dos itinerários principais do Algarve. A partir da saída 6 (Portimão/Monchique) da autoestrada A22, uma Estrada Nacional promete uma viagem sinuosa até Monchique e para o interior longínquo. Uma outra via de interesse paisagístico, a EN267, atravessa a Serra a partir de Aljezur na Costa Vicentina, levando até Monchique e continuando até São Marcos da Serra.

O acesso ao transporte público é muito limitado. Existe apenas uma carreira de autocarro para Portimão: A empresa rodoviária Frota Azul assegura esta ligação direta de hora a hora, aproximadamente.


Monchique desporto e lazer

Atividades em e perto de Monchique

A paisagem da Serra de Monchique com predomínio de média montanha ficou praticamente intocada pelo turismo de massas que se observa ao longo da costa algarvia. A serra tem origem vulcânica e consiste de duas camadas rochosas distintas: O xisto é predominante até uma altura de 300  –  400 metros; neste soco assenta-se sienito maciço. Trilhas de caminhada e de montanhismo atravessam a serra. Além disso propõe-se uma grande variedade de atividades ao ar livre: Canoagem, rapel, escalada e BTT, entre muitas outras.

A poucos quilómetros ao sul de Monchique encontra-se a localidade das Caldas de Monchique, uma estância termal famosa. Já na época do Império Romano foi dado muito valor à água morna e sulfurosa, brotando com uma temperatura constante de 32ºC, de modo que os romanos instalaram aqui um sítio de banhos. Em anos de seca extrema, partes da serra foram sinistradas por incêndios florestais causados por atividades humanas, por negligência ou mesmo de propósito.


Monchique compras

Que comprar em Monchique

Nas pitorescas ruelas estreitas e muitas vezes íngremes que mantiveram o seu encanto rústico típico, residem muitos artesãos com os seus ateliers abertos ao público.

Produtos típicos regionais são os enchidos e presunto de porco preto ou de porco ibérico. É também aqui, que se produz o Medronho, uma aguardente famosa, destilada dos frutos do Arbutus unedo, uma árvore que pertence à vegetação original desta zona.


Nos arredores de Monchique

A Serra de Monchique: Fóia e Picota

A Fóia tem uma altura de 902m e é a elevação mais alta não apenas do Algarve, mas da toda a parte meridional de Portugal. Do topo desta montanha abra-se um panorama magnificente e largo até a região vizinha do Alentejo, no norte, e a costa atlântica entre Portimão e Lagos, no sul.

A viagem de Monchique para a Fóia na estrada N266-3 passa por um lugar muito especial: A Quinta do Bento. Outrora residência de verão da família real, a quinta continua ser propriedade dos Duques de Bragança. Contudo, hoje alberga um pequeno hotel e um restaurante. Vale muito uma visita a este sítio por causa do seu ambiente e das refeições formidáveis a preços acessíveis.

Um passatempo prometedor é uma caminhada de Monchique à Picota. O nosso amigo Uwe organiza esta excursão com duração de 2,5 horas para pequenos grupos de caminhantes. A sul da Picota, escondido num vale, fica a Fonte Santa, cujas águas mornas mantêm fama de terem propriedades curadores.


História de Monchique

A história de Monchique

Com o objetivo de aproveitar as fontes termais das Caldas de Monchique, os romanos edificaram aqui o primeiro povoamento urbano sob o nome de Mons Cicus.

Em 1773, Monchique foi elevado a vila e o concelho foi desmembrado do de Silves. Este desenvolvimento sublinhou a importância crescente das indústrias corticeira e florestal, da suinicultura e da criação do gado bovino.


Concelho de Monchique

Além da vila de Monchique, as freguesias rurais de Alferce e de Marmelete pertencem a este concelho.


Tempo Monchique
As nossas Recomendações
Publicidade